IMG 5192ESDA celebra 10 anos de existência no mês de África

 
 

Por ocasião da semana africana, a Escola Secundária das Acácias (ESDA), adstrita à Universidade Politécnica, decidiu celebrar, sexta-feira, 24 de Maio, em Maputo, o décimo aniversário da sua existência, sob o lema “vencer a luta contra a corrupção, uma via sustentável para o desenvolvimento de África”.
Para o efeito, os alunos e encarregados de educação em coordenação com a direcção da ESDA, organizaram o evento que foi marcado pela feira gastronómica, desfile de trajes africanos, exposição do mapa de África com ilustrações das maiores riquezas, jogos diversos, entre outras actividades de carácter recreativo.


Mestre Isabel Zandamela Humbane, em representação da Direcção Geral das Escolas Secundárias da Politécnica, disse que o objectivo principal do aglomerado era juntar duas celebrações, sendo a primeira a celebração dos 10 anos de existência da ESDA e por outro lado a semana das celebrações do 56º aniversário da União Africana.
“Achamos melhor juntarmos o 14 de Abril, ao aniversário da União Africana, para juntar a comunidade estudantil, encarregados e funcionários numa única interacção por ocasião da efeméride”, frisou a Mestre Isabel Zandamela Humbane.
“Iniciamos em 2010, somos gratos pelos alunos, porque começamos com 90 alunos e cinco anos depois tivemos 800 alunos, isto é, um crescimento exponencial. Temos a maior escola privada do país. É um orgulho para nós saber que crescemos nesta dimensão”, ressalvou a Directora.
Juvita Daniel, encarregada de educação, disse estar feliz com o aproveitamento da sua filha, que é aluna da ESDA e que os 10 anos, representam um crescimento para a escola e tem como expectativas que as novas instalações contribuam cada vez mais no processo de ensino e aprendizagem.
“Que todos os africanos tenham um dia africano feliz e os parabéns para a ESDA pela efeméride”, disse Juvita Daniel.
Sónia Chemane, igualmente encarregada de educação, mostrou-se grata pela celebração da efeméride e referiu que “os professores têm desempenhado o papel de pais. Pela passagem do dia de África, a iniciativa dos alunos foi bonita e espero que continuem com esta criatividade”, realçou Sónia Chemane.
Naomi da Silva, porta-voz dos alunos, disse que os mesmos estão felizes, particularmente pelos 10 anos de existência desta escola. “Aqui no novo estabelecimento, estamos muito felizes. No processo de ensino e aprendizagem, posso dizer que estamos bem”.
Importa realçar que a ESDA inaugurou recentemente as novas instalações, conta com um universo de 925 alunos e lecciona da 8ª até à 12ª classes.