IMG 9083CNAQ certifica três cursos da Escola Superior de Gestão, Ciências e Tecnologias

 
 

A Escola Superior de Gestão, Ciências e Tecnologias (ESGCT), uma unidade orgânica da Universidade Politécnica, apresentou, na quinta-feira, 21 de Março, em Maputo, à comunidade estudantil, três certificados de avaliação e aprovação, emitidos pelo Conselho Nacional de Avaliação de Qualidade do Ensino Superior (CNAQ).
Trata-se de certificados conquistados, em 2018, correspondentes aos cursos de Administração e Gestão de Empresas, Contabilidade e Auditoria e Engenharia Civil.


Os certificados foram apresentados pela Directora da ESGCT, Prof. Doutora Sandra Brito, durante a cerimónia de abertura do ano lectivo 2019, desta instituição privada de ensino superior, que decorreu sob o lema “Ensino Superior e Desenvolvimento Humano”.
Para a conquista deste reconhecimento, segundo referiu a Prof.ª Doutora Sandra Brito, a ESGCT registou, em 2018, um universo de 1.900 estudantes, dos quais, 550 correspondiam a novos ingressos, e 1.350 renovações.
Os 1.900 estudantes inscritos, durante o ano passado, foram assistidos por 229 docentes, distribuídos pelos sete departamentos, que alojam os 13 cursos que a escola oferece.
“Para 2019, a ESGCT já inscreveu 619 novos ingressos e temos um total de 2,041 estudantes e um corpo docente composto por 183 docentes, distribuídos em três períodos, nomeadamente laboral, vespertino e pós laboral”, frisou a directora.
Por sua vez, o Prof. Doutor Narciso Matos, Magnífico Reitor da Universidade Politécnica, exortou aos estudantes no sentido de aproveitarem as oportunidades que o tempo lhes oferece para se formarem.
“O tempo de um estudante é único. Não tenham dúvida porque vocês vão se lembrar com nostalgia. Exorto-vos a aproveitarem este tempo único que é vosso. Quero ter o prazer de entregar os vossos certificados dentro de quatro anos”, frisou o Magnífico Reitor.
Referir que a Universidade Politécnica vai, ainda este ano, realizar a revisão curricular que vai consistir na actividade de avaliação e modificação dos planos curriculares que estão em vigor há 4 ou 5 anos.
Importa realçar que a Universidade Politécnica tem como objectivos ministrar o ensino e desenvolver actividades de investigação e extensão nos domínios das ciências sociais, com vista a oferecer ao mercado de trabalho profissionais qualificados com valores éticos, morais e humanos, respondendo desta forma aos desafios das sociedades contemporâneas.