Mateus Simbine representante da FUNDEA Fundação Universitária para o Desenvolvimento da Educação (FUNDE) e Fundação Tzu Chi doam 1.000 quilogramas de arroz a Escola Primária Completa 25 de Junho - Rua 7 

 
 

A Fundação Universitária para o Desenvolvimento da Educação (FUNDE), procedeu, na quinta-feira, 11 de Abril, em Maputo, à entrega de um total de 1.000 quilogramas de arroz, a 79 alunos de famílias carenciadas, na Escola Primária Completa (EPC) 25 de Junho - Rua 7.
A acção de solidariedade, desenvolvida em parceria com a fundação taiwanesaTzu Chi, enquadra-se na parceria público-privada para a gestão de escolas primárias, promovida pelo Conselho Municipal da Cidade de Maputo visando a promoção de melhores condições de desenvolvimento da educação.
Mateus Simbine, representante da FUNDE, explicou, a propósito, que foi neste contexto, que a Fundação Tzu Chi, parceira da FUNDE no desenvolvimento de actividades conjuntas para a prestação de assistência às comunidades carenciadas, em Moçambique, disponibilizou 1.000 quilogramas de arroz para o apoio às crianças das famílias mais necessitadas daquela unidade de ensino.


“Quando estivemos nesta escola, no ano passado, tomamos conhecimento da existência de crianças que partiam das suas casas para a escola, sem sequer terem tomado uma refeição, e que provavelmente voltariam para as suas casas para terem a única refeição do dia”, lembrou Mateus Simbine, acrescentando que “esta situação tocou-nos bastante, daí que começamos a estabelecer parcerias, no sentido de ajudar a minimizar o sofrimento dessas crianças”.
Trata-se, conforme enfatizou, do cumprimento do dever assumido pela FUNDE quando decidiu apoiar a Escola Primária Completa 25 de Junho – Rua 7, no âmbito da parceria público-privada.
Abordado momentos após a entrega do donativo aos alunos, o director da EPC 25 de Junho-Rua 7, Carlos António Nhantumbo, contou que, em Fevereiro último, fez-se um levantamento que resultou no apuramento de um total de 79 crianças, cujas famílias são carenciadas.
“Em princípio, era para dar sopa às crianças desfavorecidas da escola, uma ou duas vezes por semana, durante todo o ano, mas, posteriormente, chegou-se à conclusão de que seria melhor ajudar a toda família”, referiu.
É neste contexto, segundo indicou, que as crianças apuradas levaram consigo para as suas casas dez quilos de arroz cada, o que vai ajudar a melhorar a sua alimentação, uma vez que muitas delas costumam sair de casa para a escola com fome, situação que concorre para a fraca absorção da matéria leccionada.
Presente, igualmente, no acto, o vereador para a Área da Educação e Desporto do Conselho Municipal da Cidade de Maputo, Edmundo Ribeiro, disse sentir-se honrado pelo gesto de solidariedade da FUNDE, e que devia ser replicado por outras instituições.
“A alimentação adequada constitui uma das condições para se obter resultados satisfatórios em qualquer área de actividade, daí que se os alunos forem à escola bem nutridos poderão obter melhor desempenho e um aproveitamento escolar satisfatório”, concluiu.