A Cátedra de Gestão de Conflitos um espaço privilegiado para a construção de uma cultura de paz, baseada no respeito pela diversidade cultural, pelos direitos humanos e pelo desenvolvimento da democracia.

A estrutura de funcionamento da Cátedra operacionaliza-se através de: 

  • Cursos de curta duração;
  • Seminários e palestras; e
  • Pesquisa e publicações.

Estabelecer mecanismos de interacção entre os diversos segmentos sociais da população moçambicana e a Universidade Politécnica, através de debates públicos, mesas redondas, seminários.

  • Contribuir para o alargamento e diversificação do leque de ofertas em termos de oportunidades de acesso ao conhecimento científico sobre a problemática de paz, estabilidade e desenvolvimento e reflexão sobre as experiências práticas com vista a sua futura teorização;
  • Contribuir para uma sistematização dos factos, fenómenos e processos nacionais e externos relacionados com paz, democracia, desenvolvimento prevenção, gestão e resolução de conflitos; e
  • Encorajar estudos multidisciplinares na perspectiva de impulsionar e promover o “saber e o saber fazer”.
  • Contribuir para a promoção e disseminação de uma cultura de paz;
  • Estabelecer a ligação crítica entre os académicos e praticantes e especialistas em assuntos da paz, negociações e resolução de conflitos;
  • Ampliar e reforçar o horizonte teórico-empírico dos participantes sobre cultura, conflito, paz e desenvolvimento, entre outros aspectos.
  • Contribuir para a sistematização ou teorização da experiência moçambicana sobre as práticas de prevenção, gestão e resolução de conflitos;
  • Proporcionar treinamento adequado em matérias de prevenção, gestão e resolução de conflitos;
  • Contribuir para o entendimento sobre a relação entre o desenvolvimento, a paz, a democracia, a segurança e os direitos humanos que estão interligados e se reforçam mutuamente; e
  • Promover e incentivar trabalhos de investigação científica e cultural relevantes para as questões de prevenção, gestão e resolução de conflitos, através de estudos de caso.
 

Atribuição da Cátedra de Gestão de Conflitos ao Presidente Chissano.