PROF. DOUTOR CARLOS LOPES

 (14 de Setembro de 2017)

20151010 103610 

 

ANTÓNIO EMILIO LEITE COUTO(MIA COUTO)

       (2 de Setembro de 2015)

MALANGATANA VALENTE NGWENYA

(Setembro de 2007)

IMMANUEL MAURICE WALLERSTEIN

        (Setembro de 2012)

 

ALBERT "Albie"LOUIS SACHS

(Setembro de2011)

 

 

LEYMA ROBERTA GBOWEE

(Setembro de 2013)

Historial 

Honoris causa
O primeiro doutoramento foi atribuído, em Setembro de 2007, a Malangatana Ngwenya, pintor, escultor, poeta, dançarino e contador de histórias; pela sua inestimável dimensão humana e de cidadania, destacando-se o seu grande  conhecimento em História, Arte e Costumes de Moçambique;

Em Setembro de 2011 foi distinguido Albert “Albi” Sachs, docente e investigador de gabarito internacional; pela sua valiosa dimensão humana e de cidadania, pelo seu engajamento na História do nacionalismo e das lutas de libertação em África;
Immanuel Wallerstein, Professor, investigador e prestigiado académico de nível internacional, foi homenageado em 2012; pelo seu contributo para o estudo do desenvolvimento das sociedades e economias à escala mundial e pelo seu empenho na História do Pensamento Económico da segunda metade do século XX, até aos nossos dias.

Em 2013 a Universidade Politécnica atribuiu o doutoramento honoris causa a Leymah Gbowee; pela sua dimensão humana na defesa dos grupos sociais mais vulneráveis (crianças e mulheres em situação de conflito armado), coragem e integridade pessoal no exercício da cidadania em contextos de opressão e violência, liderança de movimentos da sociedade civil e de resistência contra a corrupção, abusos de poder despotismo e regimes sanguinários.

Em 2015, a 2 de Setembro, foi atribuído o doutoramento honoris causa a António Couto, escritor Moçambicano Mia Couto; pela sua dimensão humana e de cidadania e por ser grande conhecedor da literatura de Moçambique, reconhecido por se destacar nos géneros: romance, conto, ensaio e poema nacional e internacional e por conviver harmoniosamente com os mundos intelectual, social, urbano, rural, nacional e internacional.