Jornadas Científicas - 45 anos da EDM

29-09-2022

Arrancaram, quinta-feira, 29 de Setembro, na cidade de Maputo, as Jornadas Científicas alusivas às celebrações dos 45 anos de criação da Electricidade de Moçambique (EDM), organizadas em parceria com a Universidade Politécnica e o Instituto Superior dos Transportes e Comunicações (ISUTC).

Com o término previsto para o dia 30 de Setembro, o evento decorre sob o lema “45 Anos Electrificando Moçambique Através da Promoção do Uso Sustentável dos Recursos Energéticos e Desenvolvimento de Uma Sociedade Mais Inclusiva”, e visa a reflexão e a partilha de informação e conhecimento técnico-científico sobre os desafios e avanços do sector em que a EDM actua, incluindo áreas de interesse comum com as universidades.

Assim, profissionais e estudantes da área farão apresentações, comunicações e exposições de cariz técnico-científico, com vista à captação, gestão e disseminação de conhecimento e inovação.

Intervindo na cerimónia de abertura, o reitor da Universidade Politécnica, Narciso Matos, realçou a importância destas jornadas científicas, na medida em que, no fim, a academia, em particular, e a sociedade, no geral, estarão mais claras sobre as perspectivas e os desafios da EDM.

“Para nós, estas jornadas são uma forma de conhecermos melhor a EDM e, sobretudo, sabermos como nós (as universidades) podemos fazer com que o nosso ensino, pesquisa e extensão respondam aos desafios da empresa, com destaque para a electrificação do País. Esta é a razão por que estabelecemos e encorajamos esta cooperação com a Electricidade de Moçambique”, considerou Narciso Matos.

Por seu turno, o presidente do Conselho de Administração da EDM, Marcelino Gildo, considerou que as jornadas científicas constituem uma demonstração do interesse conjunto em aprimorar o conhecimento científico visando a busca de melhores soluções para os desafios, presentes e futuros, do sector de energia no País.

Igualmente, “esta é uma oportunidade ímpar para aprofundar os conhecimentos gerados na dinâmica laboral da empresa, especialmente no concernente a problemas práticos, aplicações de engenharia e inovação necessárias para a melhoria do nosso desempenho”.

Através das jornadas científicas, a EDM e as duas universidades esperam mobilizar e promover a cultura de produção de trabalhos científicos, investigação e pesquisa com a finalidade de reduzir o fosso existente entre o sector empresarial e as instituições de ensino, para a identificação de soluções assertivas aos desafios da actualidade.

Para além de apresentações e comunicações, o evento inclui a realização de debates, feiras de saúde e de livros.

SIGA-NOS NAS REDES SOCAIS

ARTIGOS RECENTES